Materiais de papelaria: papéis de diversos tipos, canetas, canetinhas hidrográficas, lápis, lápis de cor, borracha, fita adesiva, tesoura
Material para documentação: caderno, bloco de anotação ou diário de bordo, por exemplo.
Para fazer esta atividade, acesse scratch.mit.edu ou baixe a versão offline, disponível para os sistemas Android 6.0+, Windows 10+ , MacOS e ChromeOS
Guia do Educador para a atividade "Imagine um Mundo"
Dicas de preparação

Prepare sua aula brincando e crie seu mundo imaginário!

Você pode:

Scratch Online

Esta atividade foi planejada considerando o uso do Scratch offline, instalado nos computadores. No entanto, estimulamos fortemente a exploração do Scratch online se for possível, pois:

  • Os alunos terão contato com uma comunidade amigável e criativa formada por pessoas do mundo inteiro, engajadas na exploração desse recurso, e milhares de projetos que podem inspirá-los a criarem os seus;
  • Você pode solicitar uma Conta de Educador do Scratch, o que facilita a criação de contas para grupos de alunos e a gestão dos projetos e comentários de seus alunos;
  • Você pode criar estúdios para a organização e o compartilhamento de projetos online.

Dica - Organizando uma sala que acolhe e desperta a curiosidade: distantes, mas juntos

Para inspirar os alunos a se conectarem com o tema, podemos levar para a sala de aula exemplos de projetos (ou imagens) que ilustram o tema. Podem ser projetos que criamos com ou sem o Scratch (finalizados ou não), criados também por nossos colegas de profissão, nossos familiares e até por estudantes de outra turma.

Como a organização das mesas e cadeiras da sala de aula depende muito dos protocolos locais de orientação e às vezes não é possível alterar a configuração, podemos pensar em como ambientá-la para torná-la mais inspiradora para o desenvolvimento desta atividade.

  • Como podemos organizar uma sala que acolha?
  • Deixá-la mas agradável, alegre e inspiradora?
  • Será que poderíamos criar um local para os estudantes expressarem como estão se sentindo?
  • Utilizar música em alguns momentos?
  • Se for possível alterar a configuração das carteiras (caso os estudantes estejam utilizando tablets ou notebooks), há espaço na sala para organizar um semi-círculo?
  • É possível organizar na sala um mural no qual os estudantes possam deixar suas grandes ideias e perguntas? Compartilhar sobre as pessoas e os personagens que os inspiram? Deixar mensagens para a turma?

Se possível:

  • Disponibilize para os estudantes os cartões Scratch impressos e higienizados conforme orientações dos protocolos dos órgãos de saúde pública. Eles funcionam como material de apoio para ajudar os estudantes a criarem seus projetos.
  • Separe os materiais que estão listados para esta atividade e organize kits individuais para cada estudante.
  • Criar comandas para orientar e ajudar os estudantes a criarem seus projetos com autonomia e imprimí-las ou salvar uma cópia em cada computador para que possam acessá-las.
  • Prepare o local que as atividades serão salvas para continuidade na aula seguinte. Se os alunos utilizam o Scratch 3.0 online, você pode orientá-los a criar uma conta para salvar suas produções. Neste caso, não esqueça de verificar com a gestão da escola os procedimentos relacionados à autorização dos pais. Outra possibilidade é você criar uma conta de educador e criar um login para cada um de seus alunos dentro da conta de educador. No entanto, se na sua escola não é possível a criação online e você usa a versão offline, procure criar uma pasta para cada turma e oriente seus alunos a salvarem seus projetos ali, nomeando o arquivo com o nome de cada estudante, para que seja possível dar continuidade em outros momentos. 
     

Se não houver computadores suficientes para que os alunos explorem individualmente - devido aos protocolos de distanciamento social - é possível desenhar atividades desplugadas para intercalar com a criação nos computadores. Para isso, é importante observar as orientações dos protocolos dos órgãos de saúde pública referentes à higienização de objetos compartilhados.

Dê uma atenção especial aos computadores

  • Verifique antecipadamente se o Scratch está instalado em todos os computadores que serão utilizados;
  • Se possível, crie previamente uma pasta com recursos para os estudantes (cartões Scratch em PDF, exemplos de projetos, entre outros) e salve uma cópia dela em todos os computadores.

Dica - E se não minha escola não tiver computadores ou tablets, como posso desenvolver esta atividade?

Não tem problema! Os estudantes podem criar um mundo explorando diversos materiais e objetos para materializarem suas ideias! Considere montar kits individuais que contenham alguns materiais das seguintes categorias:

  • Itens de papelaria: folhas de papel (de vários tipos, cores e tamanhos), lápis, borracha, canetas de diversas cores, tinta guache, tesoura, barbante e cola.
  • Materiais que sirvam de base para a criação do projeto: embalagens diversas, papelão, tecidos, cartolina, pedaços de madeira, e outras bases que os estudantes considerarem interessante (e se fosse algo inusitado?)
  • Materiais que ajudem a conectar objetos: barbante, fita adesiva, cola, massinha, elásticos, colchetes de metal, grampeadores, tecidos.
  • Materiais naturais: folhas, galhos, sementes.
  • Materiais decorativos: lantejoulas, tinta, glitter, cola colorida, retalhos de tecido, entre outros.
     

Explore meios de documentar e avaliar esta atividade

diário de bordo é uma ótima ferramenta para os estudantes documentarem sua jornada de aprendizagem e pode funcionar também como instrumento de avaliação.

  • Uma forma interessante de registrar o processo de criação desse projeto é incentivar os estudantes a criarem um storyboard nos seus cadernos, que é uma espécie de roteiro que contém desenhos em sequência cronológica, mostrando as cenas e ações mais importantes de um vídeo ou filme. Como eles vão produzir uma cena, essa pode ser uma forma divertida e criativa de expressarem o que estão pensando.

Os projetos criados pelos estudantes também são importantes ferramentas de avaliação, pois você pode observar a expressão pessoal, a diversidade de criações, a conexão com o tema e a experimentação. Por isso, é importante criar um local seguro para salvá-los ao final de cada aula.

  • Se os estudantes estão trabalhando offline, crie uma pasta no computador ou na rede da escola, ou salve os projetos em um pendrive, por exemplo.
  • Se os estudantes estiverem acessando o Scratch online, crie um estúdio da turma.

Participação: considere a interação entre os estudantes na avaliação desta aula, como o engajamento, a colaboração, a cooperação em atividades coletivas, entre outras atitudes observadas.

Desenvolvimento do pensamento computacional: observe as habilidades elencadas na atividade e o quanto cada estudante consegue avançar em cada uma delas. O Guia Curricular de Computação Criativa possui diversas rubricas de avaliação a partir da página 183 que podem ser exploradas.