Itens de papelaria: folhas de papel (de vários tipos, cores e tamanhos), lápis, borracha, canetas de diversas cores, tinta guache, tesoura, barbante e cola.
Materiais que sirvam de base para a criação do projeto: embalagens diversas, papelão, tecidos, cartolina, pedaços de madeira, tiara de cabelo, chapéu ou boné, e outras bases que os estudantes considerarem interessante (e se fosse uma camiseta?)
[Opcional] Componentes eletrônicos e para criação de circuitos: LED 5mm difuso, bateria 3V, motor DC 3-6V, pilhas AA, suporte para pilhas, papel alumínio, clips, prendedores de papel.
[Opcional] Celular e computador com acesso à internet
Dicas de preparação

Dica - Prepare sua aula brincando

E se você tirar um tempinho para pensar nos seus interesses e paixões?

  • Se você pudesse representar a si ou o que mais gosta, o que faria?
  • Quais características suas você gostaria de representar no seu projeto?
  • Como você compartilharia com a turma as sua paixões?

Que tal anotar suas ideias e reflexões neste mural para compartilhá-las com outros educadores?

Agora que você pensou um pouco sobre o tema, se pudesse criar algo represente você, o que mais gosta, e o que considera importante, o que criaria?

Não pense muito, aproveite para soltar sua imaginação! E não precisa concluir o seu projeto, pode ser apenas a materialização inicial da sua ideia! Aproveite para explorar diferentes materiais que você tem aí por perto ou que sabe que poderá disponibilizar para seus estudantes na aula.

Depois, aproveite para compartilhar o que criou com a gente (neste mesmo mural das ideias iniciais) e com seus estudantes, explicando como foi o processo de criação! Isso irá inspirá-los a também se arriscarem! Criar o projeto previamente é uma oportunidade para testar o tempo investido no momento mão na massa e prever eventuais dificuldades que os estudantes poderiam enfrentar no momento da aula.

Quer conversar mais sobre esta atividade? Clique no menu "Sobre a atividade" e deixe os seus comentários! Vamos pensar juntos em como podemos adaptá-la a diferentes contextos e necessidades! :)

Se possível, reflita sobre o potencial desta atividade durante o seu planejamento :)

Esta atividade é uma oportunidade de criação de um ambiente favorável para os estudantes se conhecerem melhor e se aproximarem. A partir de uma reflexão sobre o que gostam e o que os representa e de um momento de troca, eles poderão exercitar a escuta e conhecer melhor quem são seus colegas, do que eles mais gostam e o que é importante para eles.

É também um momento muito importante para nós, professores, conhecê-los melhor e possibilitarmos que o inverso aconteça, compartilhando o que nos representa, o que mais gostamos e o que é importante para nós. É um exercício de escuta, empatia e conexão que possibilita a construção de um ambiente seguro para o compartilhamento de ideias e de muito respeito em sala de aula.

Ao adaptar essa experiência de aprendizagem, aproveite esta atividade para incentivar o aluno a expressar-se criativamente explorando diferentes materiais, ferramentas e o próprio espaço da sala de aula. Você pode fazer perguntas que os levem a reconhecer o que é importante para eles (coisas e pessoas) e como poderiam explorar materiais e ferramentas para representar quem são e o que gostam.

Dica - Uma sala que acolhe e desperta a curiosidade: distantes, mas juntos :)

Para inspirar os alunos a se conectarem com o tema, podemos levar para a sala de aula exemplos de projetos (ou imagens) que ilustram as paixões de outras pessoas. Podem ser projetos criados (finalizados ou não) por nós, nossos colegas de profissão, nossos familiares e até por estudantes de outra turma.

Como a organização das mesas e cadeiras da sala de aula depende muito dos protocolos locais de orientação e às vezes não é possível alterar a configuração, podemos pensar em como ambientá-la para torná-la mais inspiradora para o desenvolvimento desta atividade.

  • Como podemos organizar uma sala que acolha?
  • Deixá-la mas agradável, alegre e inspiradora?
  • Será que poderíamos criar um local para os estudantes expressarem como estão se sentindo?
  • Utilizar música em alguns momentos?
  • Se for possível alterar a configuração das carteiras, há espaço na sala para organizar um semi-círculo?
  • É possível organizar na sala um mural no qual os estudantes possam deixar suas grandes ideias e perguntas? Compartilhar sobre as pessoas e os personagens que os inspiram? Deixar mensagens para a turma?

 

Um cuidado especial com os materiais

Seguindo os protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19, é importante organizarmos previamente pequenos kits com alguns materiais que possam ser manipulados individualmente pelos estudantes.

Não precisa ser algo complicado, pode ser um pequeno saco de papel com tesoura, cola, recortes de revista , tampinhas de garrafa e elásticos, por exemplo.

Para isso, precisamos olhar para as possibilidades de criação da atividade e pensar também nos materiais que temos disponíveis no momento e como eles poderiam compor um kit individual para cada estudante. Sabemos que uma diversidade de recursos ajuda a enriquecer os projetos, mas papel e lápis também proporcionam criações incríveis com uma pequena faísca na imaginação!

Quanto ao uso de tecnologias, essa atividade tem potencial tanto para a exploração de componentes eletrônicos (para a criação de circuitos) quanto para a criação de produções digitais, como animações com o Scratch, por exemplo.

Se os estudantes tiverem acesso a smartphones e computadores, você pode incentivá-los a explorar esses dispositivos durante a criação de seus projetos.

Dica - Dicas e Truques

Na página Dicas e Truques existe um documento com muitas sugestões para a organização e o desenvolvimento de aulas apoiadas na aprendizagem criativa! Sugerimos dar uma espiada no que tem por lá, pois pode trazer muitas inspirações para esta atividade! :)

Um caminho possível…

Se puder, assista à videoaula desta atividade, pensada como um apoio para a sua realização remotamente, adaptada para estudantes do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental.

Nela, incentivamos os estudantes a se expressarem criativamente explorando diferentes materiais, ferramentas e o próprio espaço onde moram, criamos enquanto os convidamos a também criarem seus projetos e propomos uma série de questões para refletirem sobre suas criações e as coisas que imaginaram.

Esse vídeo pode ajudar a trazer inspirações sobre possíveis aprofundamentos e conexões com outros assuntos! E, se quiser, você pode optar por utilizar trechos dele durante esta atividade com os estudantes! :)