Paradidáticos, 1 espelho grande,5 cx tinta guache, retalhos de tecido, 20 bolinhas, 1 pc de palito, 5 pincei grande, 5 folhas de EVA de isopor, tesoura, 5 cartolinas
Dicas de preparação

Trançando as tranças de nossa cultura

Inicie levando um espelho grande, para que as crianças possam se olhar de corpo inteiro, para que se olhem individualmente e em grupos façam comparações;

Estimule a se questionarem com quem parecem, sobre traços físicos (cabelo, nariz, tom da pele);

Pergunte se gostam do que olham no espelho;

Leve várias revistas e e grupo peça que pesquisem imagem de pessoas com os mesmos traços físicos identificados na atividade anterior;

Leia  paradidáticos da literatura africana como:  Cabelo de Lelé, As tranças de Bintou e Menina Bonita do Laço de Fitas;

Promova roda de conversa e atividades, sobre as historias lidas, estimulando a reflexão sobre a valorização da identidade negra, auto estima, aceitação de sua imagem, da miscigenação .