language

Boas-vindas

Antes de iniciar a exploração do tema a oficina organizamos um momento de recepção e quebra-gelo, no qual os participantes são acolhidos e iniciam a conexão com o grupo no dia.

Recepção

Aqui é importante considerar qual será a primeira coisa que os participantes verão ao entrarem na sala e como gostaríamos que eles se sentissem nesse momento. 

  • Qual será a primeira coisa que os participantes verão ao entrarem na oficina (seja ela presencial ou remota)?
  • Quais são as orientações mínimas necessárias neste momento?

Orientações técnicas

Aqui é importante compartilharmos algumas orientações técnicas em relação ao uso da plataforma e como gostaríamos que eles participassem do encontro. São exemplos de orientações:

  • Incentivamos o uso da câmera e microfone durante a oficina, para uma experiência completa;
  • Mantenha os microfones fechados enquanto outra pessoa estiver falando;
  • Renomeie-se na plataforma com o seu primeiro nome e cidade/rede (quem quiser pode também identificar seu pronome), pois hoje nós temos presentes pessoas de X, Y e Z cidades, e seria ótimo identificarmos quando alguém fala de onde esta pessoa está falando;
  • Vocês podem utilizar o chat a qualquer momento;
  • Esta oficina foi desenhada com muito carinho e especialmente para vocês! Aproveitem ao máximo a experiência! 

Quebra-gelo

  • Como os participantes podem compartilhar inicialmente como estão e se conectar com o grupo no dia? Neste encontro optamos por convidar os participantes a se apresentarem no chat e dizerem de onde estavam falando! :)

Inspiração e convite

Como você imagina a sua escola ou a sua rede de escolas criativas?
 

Para explorar essa questão e convidar os participantes a soltarem a imaginação, compartilhamos a nossa visão de escola criativa e convidamos o Danilo Vaz a compartilhar uma experiência memorável de aprendizagem na escola.

O que é uma escola criativa?

Para nós, uma escola criativa é uma escola onde a educação se dá de uma forma predominantemente mão na massa, colaborativa, criativa e engajante para os estudantes.

Relato inspirador: Escola de Lata

Para acessar a apresentação do Danilo sobre sua experiência com a escola, clique neste link.

 

Conexão com o momento de criar

Após o compartilhamento de um relato inspirador, realizamos um movimento de conexão com o próximo momento. Fizemos isso convidando os formadores a participarem a refletirem da seguinte forma:

Pensando na experiência do Danilo, vamos voltar agora para a nossa própria experiência de escola e de rede de ensino...e vamos criar um grande mural de inspiração! O que a sua escola, sala de aula, rede já faz de inspirador para uma escola criativa?
 

Registramos os compartilhamentos que os participantes faziam no chat em um grande mural, como você pode ver na imagem a seguir:

Dica - Mural para registro e interação

Nós exploramos o Miro para esse registro, mas você pode usar qualquer outro recurso de mural, como este modelo no Jamboard, por exemplo.

Hora de criar!

Depois de convidarmos os participantes a compartilharem o que suas redes já fazem para tornar a escola mais criativa, lançamos a seguinte proposta:

A partir de tudo isso que vocês viram, das experiências e iniciativas compartilhadas, vamos construir algo que represente algum aspecto, atividade, espaço ou sentimento importante para uma escola ou rede criativa?

Para ajudar na mediação desse momento, compartilhamos as seguintes orientações:

  • O que fazer: este é um momento de representar o que consideramos importante para tornar a escola/rede criativa;
  • Em quanto tempo? o tempo que destinamos para essa etapa foi 10 minutos. É importante compartilhar com os participantes que não tem problema se não conseguirem finalizar o projeto nesse período de tempo. A ideia é que sigam refinando posteriormente ao encontro; 
  • Com que materiais e ferramentas? Os participantes foram convidados a utilizar principalmente papel para representar as duas ideias
  • Estou sem ideias, como posso começar?Compartilhamos três exemplos de projetos que poderiam ser usando papel, esses exemplos foram fotografias dos projetos compartilhados durante o primeiro encontro desta oficina:
    • um desenho de um espaço diferente na escola;
    • recortes de silhuetas de pessoas com mãos dadas e palavras-chave para representar o foco nas pessoas e em criar conexões;
    • Um desenho representando a escola com palavras-chave que ajudam a torná-la criativa.
  • Como posso criar durante este encontro remoto? É só explorar o momento de criação como se estivéssemos em um encontro presencial, ou seja, para que possamos acompanhar o processo criativo do grupo, convidamos os participantes a manterem suas câmeras abertas e direcionadas para a mesa, para o que as mãos estiverem criando.

Dica - Ambiente favorável ao Criar!

Tempo e espaço para criar

Para ajudar os participantes a organizarem suas ideias e iniciarem os seus projetos, informamos que durante 3 a 5 minutos não falaríamos nada, apenas deixaríamos uma música de fundo, propiciando tempo e espaço para criarem.

Compartilhando ao longo do processo

Após os minutos iniciais de música, iniciamos os convites para que os participantes compartilhassem o que estavam criando. Para isso, avisamos previamente o grupo que faríamos esses convites.