Itens de papelaria: folhas de papel (de vários tipos, cores e tamanhos), lápis, borracha, canetas de diversas cores, tinta guache, tesoura, barbante e cola.
Materiais estruturantes: embalagens diversas, papelão, tecidos, cartolina, pedaços de madeira, e outras bases que os estudantes consideraram interessantes (e se fosse algo inusitado?)
Opcional: Celular e/ou computadores com acesso à internet
Dicas de preparação

Dica - Organização do Espaço: 

 

Para inspirar os alunos a se conectarem com o tema, podemos levar para a sala de aula exemplos de projetos (ou imagens) que ilustram o tema. Podem ser projetos criados (finalizados ou não) por nós, nossos colegas de profissão, nossos familiares e até por estudantes de outra turma.

Como organizar as mesas e cadeiras da sala de aula? É possível movimentar as mesas e cadeiras para que os alunos possam trabalhar em pares? É possível organizar na sala um mural no qual os estudantes possam deixar suas grandes ideias, perguntas sobre as vista da janela ao longo do tempo?

Você pode escolher realizar essa proposta com o apoio de computadores, onde as criações dos estudantes será toda realizada de forma digital ou física.

No primeiro caso é importante escolher e testar ferramentas que estão disponíveis aos estudantes, como editores de imagens, criadores de vídeos ou gifs representando as épocas passando pela janela, etc.

Para realizar a proposta de forma física, pode disponibilizar os materiais em caixas ou sobre uma mesa de fácil acesso, ou ainda combinar com a turma para que levem outros elementos de casa para essa atividade, como uma imagem, foto ou desenho da vista da janela.

 

Dicas de preparação

Mediação

Explore  ideias e materiais! Crie diferentes versões de janela para inspirar a sua turma. Um bom termômetro para saber se as atividades estão sendo autorais é a diversidade das criações.

 

Dicas de preparação

Dica - Possibilidades de integração curricular:

 

O que podemos ver ao olhar a janela do tempo? Essa atividade é um convite para que os estudantes olhem suas janelas físicas da vida real como um portal mágico que ao longo do tempo vai contando uma história sobre as transformações temporárias e permanentes dos lugares que habitamos. Levando-os a refletir que já houve um tempo em que aquela janela não existia ali, mas conforme nossos antepassados foram migrando, as comunidades surgiram e o futuro que desejamos ver por essas janelas depende muito das ações que fazemos. 

 

Habilidades da BNCC:

EF02GE05: Analisar mudanças e permanências, comparando imagens de um mesmo lugar em diferentes tempos. 

Dicas de preparação

Explorando a Aprendizagem Criativa

 

Quantos P’s podemos favorecer durante essa proposta? Essa atividade foi desenhada pensando no P de Projeto e no P de Paixão. Buscando possibilitar que os estudantes criem seus próprios projetos para representar suas janelas, ao mesmo tempo que compartilham um pouco de si e se identificam ou conhecem os colegas de sala de aula. Que ação ou ações poderíamos fazer para trazer o P de Pares e do Pensar Brincando de forma mais intencional nesta proposta?