language

Por onde começar

Podemos começar essa atividade convidando os estudantes a pensarem sobre as seguintes questões:

  • O que você vê da sua janela? 

  • O que gostaria de ver através dela? 

  • Como será que era a vista uns 10 anos atrás se você estivesse parado onde hoje é a sua janela?

  • E se a sua janela fosse mágica, capaz de criar coisas? E pudesse nos levar ao passado e ao futuro, o que será que essa janela mostraria para nós sobre como era e como será o lugar que vivemos?

  • O que você gostaria de ver através dela daqui 5 anos?

 

Um bom ponto de partida é incentivá-los a encontrar uma forma divertida de registrarem o que gostariam de ver de suas janelas mágicas! Eles podem escrever, anotar palavras-chave, fazer mapas mentais, esquemas, desenhos, colagens e o que fizer mais sentido para eles. Aproveite e compartilhe também o que você vê hoje da sua janela, o que gostaria de ver no futuro e como era a vista de lá alguns anos atrás! Outra possibilidade é realizar uma roda de conversa para um compartilhamento inicial de ideias.

 

Hora dos estudantes criarem seus projetos!

 

A ideia é que eles explorem os materiais e as ferramentas disponíveis em sala e criem uma janela mágica ou maquetes, modelos, desenhos ou outros projetos que ilustrem as mudanças visíveis por meio da janela ao longo do tempo. 

Você pode definir um período de tempo, por exemplo: 10 anos atrás, hoje e daqui 10 anos. Pode-se criar tempos mais curtos ou mais longos, vai depender da intencionalidade que deseja. Se desejar trazer reflexões de como era a região antes da colonização por exemplo ou durante um período específico, basta informar aos alunos sobre essa restrição temporal para as criações. 

Pode trazer perguntas como: “...com relação ao meio ambiente e as construções. Que tipo de construções havia ali antes, agora e como você imagina que será no futuro?”. Esse questionamento favorece o direcionamento do olhar do estudante para os elementos curriculares que podem ser aprofundados.

Eles podem usar elementos sobre os quais refletiram anteriormente e outras inspirações que são importantes para eles. Os estudantes não precisam concluir suas criações durante o tempo de uma aula. É possível organizar o tempo de aula em ciclos de criação, uma aula para criação da janela do passado, outra para o presente, uma para o futuro. Para então fazer um momento de grande compartilhamento com reflexões sobre as mudanças observadas ao pesquisarem sobre a região no decorrer do tempo.